17 de jun de 2009

A ignorância de religiosos fanáticos.

Sei que consoante as leis hodiernas temos liberdade de pensamento, porém quero externar minha profunda decepção em relação aos seres humanos que ainda acreditam em seres fictícios como deus, jesus e o diabo. Todo mundo é livre para crer ou não em qualquer coisa, observei que diversas pessoas vêm aqui postar bobagens como "deus te abençoe" ou "jesus te ama", um deus imbecil, egocêntrico, megalomaníaco, imperfeito e absurdo que segundo a bíblia tem duas faces, eu quero que vá para a PQP.
Você crê em deus? Ótimo para você. Não tente empurrar a tolice em que você acredita para outras pessoas que não querem, eu já fui enganado quando jovem, pertenci à igreja do evangelho quadrangular conheço a bíblia muito mais do que certos fanáticos que são hipócritas e insistem em acreditar em fantasias. A leitura da bíblia nos faz questionar sobre a existência de deus, um livro tão mal formulado que apresenta contradições e inconsistências.
Quando uma pessoa consegue obter algo ou conhecimento não foi "graças" a nenhum deus e sim ao seu próprio esforço, os medíocres tentam menosprezar minha inteligência quando afirmam que sei algo "graças a deus", não foi graças a ele simplesmente por que ele NÃO EXISTE, o conhecimento que adquiri foi devido a minha dedicação aos estudos, se eu fosse depender de seres imaginários continuaria inculto e bitolado.

3 comentários:

  1. Concordo com vc, religião, credo e ciência não se misturam em certos pontos e tb tenho asco a fanáticos religiosos, daqueles que julgam os outros de acordo com posses e não por atitudes ( sejam elas boas ou más).
    Acredito na fé, na luta, no esforço, que vc citou. Se para algumas pessoas terem fé é necessário religião, ótimo. Mas isso não deve ser generalizado e nem levado a cabo como justificativa para guerras ( minha religião é melhor que a sua e blá blá blá). Pois afinal não seria o propósito ( que eles dizem ser pacífico) o mesmo?
    Saiba chará que vc tb ñ está sozinho em algumas das suas convicções e não deixe que isso te abale em qq fase de sua vida, especialmente as difíceis. Não estou no meu melhor momento e sei o quão difícil é seguir adiante com tantas incertezas, mas desistir jamais.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Quanta bobagem, seu herege! vc vai queimar no inferno! quero ver vc falar q Deus naum existe quando chegar a hora do seu julgamento. kkkkkkk
    Brincadeirinha eu tbm sou Ateu (materialista), kra eh foda msm, eu vou prestar vestibular pra física agora, sendo q estou cercado por esses fanaticos citados acima, dah ateh raiva o pior de td, eh q eles vivem enchendo o saco com esse papo de Deus, e na hora do nosso direito de expressão e falarmos "Deus ñ existe" eles ateh nos batem, como se tivéssemos com o capeta, tbm da raiva pq eles sao uma cambada de ignorantes perdedores que buscam em deus uma consolação pra suas vidas mesquinhas, dah ateh pena de pregar a verdade pra eles e tirar-lhes a unica coisa que tem: uma esperança infantil no Super_man, e dezer q a vida inteira deles indo na igreja foi apena perda de tempo, que eles agora podem se matar pq jah naum tem mas nada...

    ResponderExcluir
  3. E aí? Tudo bom com você? Interessante a dicotomia presente no teu "nome"(Burgueses mendigos), gostei.
    Desculpe-me a demora em responder, é que me separei de minha esposa e fiquei sem net em casa e não sou muito fã de cyber.
    Realmente é lastimável presenciar um religioso querendo impor suas crenças em seres fictícios, quando isto ocorre comigo eu mostro as inconsistências da "palavra de deus" e geralmente o "crente" "foge com o rabo entre as pernas" pois fica sem argumentos. Mas é como eu sempre afirmo e ratifico agora: "Não tenho absolutamente nada contra religioso algum, minha luta é contra o fanatismo".
    Desejo a você sucesso no vestibular e que você sempre seja dedicado à Física pois esta é uma ciência muito bela e esclarecedora que busca nos dar uma compreensão sobre o universo em que vivemos.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.